sábado, 18 de outubro de 2014

Harley-Davidson apresenta linha 2015 no Brasil

Linha CVO , agora montada em Manaus.

 Montadora norte-americana estreia cinco modelos, consagrados mundialmente, no portfólio de 2015. A partir do próximo ano, linha CVOTM será montada em Manaus (AM)


Fonte: Printer Press
A Harley-Davidson apresenta sua linha de motocicletas 2015 com novidades em quatro famílias de produtos. Impulsionada pelo Projeto RUSHMORE, a lendária marca aposta em design arrojado, sistema de áudio premium e excelente ergonomia para expandir seu portfólio, oferecendo aos motociclistas mais possibilidades para curtirem a estrada.
Entre as novidades, destaque para a família Touring, que passa a contar com a Street Glide® Special, revolucionada pelo Projeto RUSHMORE, substituindo a atual Street Glide®. Na família Dyna®, os modelos Street Bob® e Low Rider® chegam pela primeira vez no Brasil. Com novo sistema de freio e a estreia da Breakout®, as motocicletas Softail® também oferecem inovações no mercado nacional. Por último, no mix de modelos mais exclusivos, a linha CVO™ – Custom Vehicle Operations –, o lançamento mundial, CVO™ Street Glide®, e CVO™ Limited serão montados na unidade fabril da marca, em Manaus (AM).
"O ano de 2015 é a continuação de um período de expansão para a Harley-Davidson. Além do lançamento do Projeto RUSHMORE, em fevereiro de 2014, conseguimos aumentar a rede de distribuidores de 15 para 17 concessionárias, visando proporcionar a melhor experiência de compra de uma motocicleta. A chegada dos novos produtos reforça o nosso compromisso de oferecer ao público brasileiro uma ampla gama de modelos, pós-venda especializado, extensa linha de MotorClothes®, peças e acessórios, além de eventos de relacionamento que proporcionem aos clientes realizarem seus sonhos de liberdade pessoal”, afirma Longino Morawski, diretor-superintendente Comercial da Harley-Davidson do Brasil.
Fabricadas por processos artesanais e com pintura customizada, a linha CVO™ - Custom Vehicle Operations - chega ao Brasil com uma grande novidade em 2015: os modelos CVO™ Street Glide® e CVO™ Limited passam a ser montados na fábrica de Manaus (AM).

“Nossa linha 2015 foi pensada para agradar aos mais diferentes públicos, desde o jovem, de perfil urbano, que quer utilizar sua motocicleta pelas ruas da cidade, até aqueles que não abrem mão de curtir a estrada em grandes viagens, ao melhor estilo da marca”, afirma Flávio Villaça, gerente de Marketing, Produto e Relações Públicas da Harley-Davidson do Brasil.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Encontro do Setor de Motos movimenta economia do NE

Evento em Fortaleza oferece oficinas abertas ao público e promete movimentar a economia do Ceará e região

Fonte: Engenharia de Comunicação
Está acontecendo hoje sexta-feira (17) o III Encontro de Negócios da Assomotos Nordeste - Associação de Fabricantes, Prestadoras de Serviços, Distribuidoras e Revendedoras de Peças e Motocicletas do Nordeste. O objetivo do evento é trazer ao Nordeste novas tendências do setor em peças e acessórios para motociclistas. O encontro será realizado no Centro de Negócios do Sebrae e vai até sábado, dia 18 de outubro.
Os dois pavimentos do local serão utilizados: o térreo será aberto ao público com oficina modelo e lojas com vendas de acessórios. O piso superior será destinado a pessoas ligadas ao setor, para negócios e capacitação.

Diversas empresas também aproveitam a oportunidade para expor suas novidades em produtos para a região, onde o calor predomina. Entre elas está a Laquila Peças e Acessórios, que leva ao evento seus lançamentos da linha Moto Sky, como capacetes, além de jaquetas e calças leves e impermeáveis, feitos especialmente para o clima nordestino.O Nordeste com 6.032.177 é a segunda região do país com o maior numero de motos do país, fica atrás apenas da região sudeste, (8.728.961). Contudo apresenta uma taxa de crescimento maior, o que leva a pensar que irá superar o Sudeste em pouco tempo.

Esta fatia de mercado chega a 40%, e está em evolução constante. A expectativa é de mais 25% de crescimento para os próximos anos. Este evento é uma grande oportunidade para apresentarmos nossos lançamentos e produtos e assim ampliarmos nossos negócios na região", avalia Charlles dos Reis, gerente comercial da Laquila.

O III Encontro de Negócios da Assomotos mantém o horário de abertura às 14 horas e vai até às 21 horas. O credenciamento é realizado pelo site: www.assomotosnordeste.com.br.

Sobre a ASSOMOTOS:
Fundada em 23 de Maio de 2003, A Associação tem fundamentado suas ações na busca contínua pelo aprimoramento da capacidade competitiva do setor de motopeças no Estado do Ceará

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Miguel Cordovez disputa final do Brasileiro de Motocross a convite da Escuderia X

Miguel Cordovez

Piloto equatoriano faz testes na equipe curitibana para a temporada 2015

Fonte: X Motos do Brasil
Miguel Cordovez fez na manhã desta quarta-feira, 15 de outubro, o primeiro treino pela Escuderia X em sua rápida passagem pelo Brasil. O piloto chegou a Curitiba na noite de segunda-feira, 13, vindo da Itália, onde competiu nas últimas quatro temporadas. Ele viaja para o Equador, seu país de origem, na sexta-feira, 24.
Pilotando a Honda CRF 450R e vestindo as cores da Escuderia X, Cordovez disputará a última etapa do Brasileiro de Motocross em Toledo, Paraná, neste fim de semana, 18 e 19. Ele terá como companheiro de equipe um piloto que o conhece de longa data, Jetro Salazar, seu conterrâneo e amigo desde criança.

Cordovez tem 25 anos e já esteve no Brasil em 2009 e 2010, para disputar a etapa do Latino-Americano. Ele se lembra de ter enfrentado, na época, os brasileiros Jean Ramos, Leandro Silva e Swian Zanoni, que morreu em 2011. Em sua última participação no campeonato da América Latina, o equatoriano foi campeão na categoria MX1. No ano seguinte, se transferiu para a Itália, onde correu os dois primeiros anos na MX2 e disputou a MX1 em 2013 e 2014.
“Estou na expectativa para vir correr no Brasil desde que Jetro me falou da oportunidade de fazer um teste na Escuderia X. Assisti aos vídeos das corridas e percebi que o nível do campeonato deste ano está bem alto. Sei que a etapa de Toledo será bem difícil”, aponta.

A vinda de Cordovez ao Brasil estava programada desde a metade deste ano, e Cale Neto, chefe de equipe da Escuderia X, conta que o teste com o equatoriano abre a programação de avaliações do time para a temporada 2015. “Testar um piloto em corrida é a melhor condição que se pode ter. Estamos estudando muitas propostas para compor a Escuderia X no ano que vem, e o Miguel Cordovez é uma destas possibilidades”, comenta.

Miguel Cordovez
Natural de Quito, Equador
Nasceu em 11 de novembro de 1988

2009 – Campeão Equatoriano de Motocross – MX2
2010 – Campeão Equatoriano de Motocross – MX1 e MX2
2011 – Campeão Latino-Americano de Motocross – MX1
2012 – Vice-campeão da Regional Norte do Italiano de Motocross – MX2
2012 – Quinto lugar do Italiano de Motocross – MX2
2013 – Vice-campeão da Regional Norte do Italiano de Motocross – MX1
2014 – Campeão da Regional Norte do Italiano de Motocross – MX1
2014 – Sexto colocado do Italiano de Motocross – MX1

Cinco mil "Harleiros" e motos são esperados para o São Paulo Harley Day 2014.

Evento ocorre neste fim de semana e vai reunir cerca de 5.000 motos pelas ruas da Capital

Fonte: Printer Press Comunicação.
O São Paulo Harley Days, evento internacional mais importante da Harley-Davidson no Brasil e que acontece nos dias 18 e 19 de outubro, será marcado por um grande desfile de motocicletas Harley-Davidson pelas ruas da Cidade, em um momento que promete ser histórico.
“O desfile de motocicletas é tradicional nas celebrações da Harley-Davidson no mundo todo. No São Paulo Harley Days não será diferente. Será o momento de celebrarmos o motociclismo e a nossa marca circulando pelos pontos mais famosos desta grande metrópole”, afirma Flávio Villaça, gerente de Marketing, Produto e Relações Públicas da Harley-Davidson do Brasil.

O desfile marcará a abertura oficial do São Paulo Harley Days e é aberto e gratuito a todos os interessados . A concentração ocorre na Nova Arena Anhembi, com entrada pelo portão 19 da Avenida Olavo Fontoura, a partir das 11h30. A saída está marcada para as 13h, no início da mesma avenida, com escolta da polícia e dos oficiais de trânsito.

Os participantes retornam à Nova Arena Anhembi por volta das 15h, onde funcionará um grande estacionamento exclusivo e gratuito para as motos Harley-Davidson, transformando essa área do evento em uma grande exposição de motocicletas, dos mais variados anos e modelos, sendo mais uma atração da festa.

O Harley Days é um evento internacional da Harley-Davidson, tradicional em países como Espanha, Croácia e Alemanha. No Brasil, ocorreram duas edições, em 2011 e 2012, ambas no Rio de Janeiro, na Marina da Glória, com realização da Playcorp.

Cada membro do H.O.G.® pode comprar até dois ingressos com preço promocional.
Crianças até 12 anos não pagam, e menores podem entrar somente acompanhados dos pais ou responsável.
De acordo com a Lei 12.933, tem direito a meia-entrada estudantes, idosos com idade igual ou superior a 60 anos, pessoas com deficiência e jovens entre 15 e 29 anos de idade, de baixa renda, inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), e cuja renda familiar mensal seja de até dois salários mínimos.

Serviço
São Paulo Harley Days 2014
Data: 18 e 19 de outubro
Horário: das 13h30 à meia-noite (sábado) e das 12h às 20h (domingo)
Local: Sambódromo do Anhembi
Av. Olavo Fontoura, 1.209 – Santana – São Paulo
Faixa etária: Livre - menores devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis
Site: www.spharleydays.com.br
Venda de ingressos: www.ticketsforfun.com.br e www.spharleydays.com.br
Hashtag oficial: #spharleydays2014
Facebook oficial: www.facebook.com/harleydavidsondobrasil

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Começa a valer o adicional de periculosidade para motofrete e mototaxi

Norma foi acrescentada à Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Profissional que usa moto para trabalhar terá acréscimo de 30% ao salário.

Publicado no portal G1.com em 14/10/2014
O Ministério do Trabalho e Emprego publicou no "Diário Oficial da União" desta terça-feira (14) portaria que aprova o Anexo 5 da Norma Regulamentadora 16 (NR-16), que trata das situações de trabalho com utilização de motocicleta que geram direito ao adicional de periculosidade. Criado pela lei 12.997, de 18 de junho de 2014, a norma foi acrescentada à Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).
O adicional de periculosidade corresponde a 30% do salário do empregado, sem os acréscimos resultantes de gratificações, prêmios ou participações nos lucros da empresa, e o direito passa a ser garantido aos motociclistas a partir da publicação da norma nesta terça-feira (14).

As atividades consideradas perigosas contemplam as que utilizam a motocicleta ou motoneta para fins de trabalho.
Não são consideradas perigosas a utilização de motocicleta ou motoneta exclusivamente no percurso da residência para o local de trabalho e vice-versa; atividades em veículos que não necessitem de emplacamento ou que não exijam carteira nacional de habilitação para conduzi-los; atividades em motocicleta ou motoneta em locais privados; e atividades com uso de motocicleta ou motoneta de forma eventual, ou, se for habitual, ocorrer por tempo extremamente reduzido.

Mototaxista, moto boy e motofrete estão contemplados, bem como todas as demais atividades laborais desempenhadas com o uso de motos.
Para discutir a implementação do adicional de periculosidade aos motociclistas, o MTE constituiu um grupo técnico tripartite, que elaborou a proposta de texto do Anexo da NR-16, que foi submetido à consulta pública por um período de 60 dias.

Antes, a CLT considerava perigosas as atividades que implicassem risco acentuado ao trabalhador em virtude de exposição a produtos inflamáveis, explosíveis ou energia elétrica, além de seguranças pessoais ou de patrimônio. Esses profissionais também tinham assegurado o direito ao adicional de periculosidade de 30%.

Nosso comentário:
É indiscutível que o preço dos serviços serão reajustados. A gente já ouviu falar em empresas usando bicicletas para fazer o serviço de moto entrega, com certeza estes serviços serão incrementados. Na mesma linha cremos que os veículos de até 49 cc que dispensam CNH e ACC para condução, serão mais utilizados para entrega uma vez que seus usuários não se enquadram entre os trabalhadores que receberão o auxilio periculosidade de 30%.
Esta lei corre o perigo de aumentar a informalidade, pode ser um tiro no pé. Vamos esperar pra ver.

Roubo de motos é três vezes maior do que de carros em SP, diz empresa

Seis bairros com maior número de roubos de moto
(Foto: Reprodução/TV Globo)

Seis bairros com maiores índices ficam na Zona Leste da capital.

Publicado no Portal G1.com em 08/10/2014
Um estudo realizado por uma empresa de rastreadores de veículos aponta que o índice de roubo de motos é três vezes maior do que o de carros na cidade de São Paulo. De acordo com o levantamento, os casos se concentram no período da noite, entre 20h e 23h.

A maioria dos roubos de motos acontece na Zona Leste, que tem os seis bairros no topo da lista dos mais afetados: Itaquera, Itaim Paulista, Sapopemba, São Mateus, Guaianazes e São Miguel Paulista. Segundo Yaron Littan, presidente da empresa responsável pelo estudo, os bairros são mais visados pois têm muitos desmanches clandestinos.

"Tudo que estão fazendo é bem calculado. Ele [criminoso] vai roubar na Zona Leste, entregar na Zona Leste e voltar para a rua para roubar de novo", afirmou.
O estudo mostrou ainda que quarta-feira é o dia da semana com mais roubos, e que 15%
dos casos acontece entre 5h e 8h. Os três modelos mais visados, que representam metade dos roubos, são de 250, 150 e 300 cilindradas.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que criou a lei do desmanche para reduzir o índice de roubos. Desde julho, foram fiscalizados 89 desmanches, e 79 deles foram fechados por apresentar irregularidades.
Ainda segundo a SSP, os roubos de veículos, que incluem carros e motos, caíram 12% em agosto em São Paulo, se comparado com agosto de 2013. Porém, na comparação do acumulado de janeiro a agosto, aumentaram 4%.

Primeira linha de botas Triumph oferece segurança e conforto


 Modelos possuem garantia de um ano e são certificados pela União Européia.


Fonte: G6 Comunicação.
A coleção de roupas e acessórios pessoais da Triumph já conta com cerca de 200 itens, entre roupas diversas e produtos como relógios, canecas, mochilas e óculos, entre muitos outros. Agora, a primeira de linha de botas da Triumph chega às concessionárias para satisfazer o cliente e proporcionar segurança, conforto e exclusividade.
A linha é composta por três modelos que aliam qualidade e estilo clássico com preços bem competitivos, que variam entre R$ 600,00 a R$ 850,00 nas concessionárias da marca. Pensando nos pilotos, a Triumph desenvolveu o modelo T3 GTX, na cor preta, com preço de R$ 780,00. Confeccionada em couro, esta bota tem proteção na parte superior dos pés para impedir a abrasão, isto é, o desgaste ocasionado por atrito. Além disso, o modelo possui reforço na região da canela, respiro para os pés e é à prova d’água, ideal tanto para quem deseja fazer uma viagem curta quanto para quem pretende passar muitas horas na estrada.
Já para o público feminino, a Triumph criou o modelo Kate Boot, com design mais delicado, mas a mesma garantia de segurança, por R$ 850,00.
 Esta bota é estilizada com couro de flor integral, o que significa ser 100% couro e ainda ter passado por um processo para preservar e amaciar o material. Ela ainda possui formato com a canela sem emenda, fechamento com zíper e velcro, é à prova d’água e termoformada. E quem deseja utilizar um modelo Triumph para situações mais despojadas, pode optar pela bota Urbane X, por R$ 600,00.
Ideal para o dia a dia, ela também é feita em couro de flor integral e possui proteção à prova d’água. Outros tipos de proteção que este modelo oferece são de impacto ao tornozelo, calcanhar e dedos, através de uma haste intermediária integrada na bota.
É importante ressaltar que todos os modelos têm garantia de um ano e possuem a marcação inglesa CE, o que significa que o produto atende a legislação da União Europeia em quesitos de higiene, proteção ambiental e segurança, assim contribuindo com o meio ambiente e entregando um produto de qualidade garantida ao consumidor.
Para conferir estes e outros produtos é só comparecer em uma das 12 lojas localizadas nas cidades de São Paulo (SP), Campinas (SP), Ribeirão Preto (SP), Brasília (DF), Curitiba (PR), Rio de Janeiro (RJ), Florianópolis (SC), Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS) e Goiânia (GO).

sábado, 11 de outubro de 2014

Davis Guimarães é campeão Brasileiro de Motocross

Piloto da Escuderia X conquistou o bicampeonato na categoria MX3

Fonte: X Motos do Brasil
Davis Guimarães conquistou o título do Brasileiro de Motocross 2014 na categoria MX3 neste sábado, 11 de outubro, durante a etapa disputada em Santa Maria, Rio Grande do Sul, a sétima do campeonato. O piloto da Escuderia X terminou a prova na terceira colocação, resultado que o permitiu comemorar o bicampeonato em sua carreira. Davis já havia sido campeão brasileiro nesta mesma categoria em 2010.
“Foi um ano maravilhoso, no qual eu só tenho a agradecer à Escuderia X e à X Motos do Brasil por esta segunda temporada em que trabalhamos juntos. Em 2014, com a entrada da Honda ao time, fez com que eu tivesse em mãos uma das melhores motos do mercado. Sem dúvida, este título só foi possível porque tenho toda esta estrutura e uma grande equipe”, afirma o campeão.

Na bateria decisiva disputada na tarde deste sábado, Davis largou na frente. Mas o piloto da Escuderia X acabou caindo na terceira volta e perdeu a liderança para Milton “Chumbinho” Becker, seu adversário direto na disputa pelo título. A queda desconcentrou Davis, que foi ultrapassado por Willian Guimarães.

A vantagem de pontos conquistadas ao longo da temporada, no entanto, garantia o título a Davis mesmo que ele chegasse na quarta posição em caso de vitória de Chumbinho Becker. “Corremos com o que tínhamos a nosso favor. Davis teve a tranquilidade de manter a terceira posição nesta final, e conquistamos o título”, avalia Cale Neto, chefe de equipe da Escuderia X.

Davis cruzou a linha de chegada em terceiro lugar e somou 163 pontos dos 175 disputados nesta temporada: 93% de desempenho. O piloto da Escuderia X venceu cinco das sete etapas que disputou e esteve no pódio em todas as corridas, com um quarto lugar em Pedra Bonita e esta terceira colocação no Rio Grande do Sul.

“Dedico este título à minha esposa Ana Paula e à minha filha Bárbara, que não estão aqui comigo em Santa Maria, mas estão no meu coração”, afirma Davis Guimarães. “Agradeço a dedicação dos meus mecânicos Brutos e Juninho, do Juan e do meu chefe de equipe, Cale Neto. Muito obrigado também à Honda e ao diretor da X Motos do Brasil, Davi Teixeira e seu sócio Silvano Bonfante”, completa Davis.

Neste domingo, 12 de outubro, a Escuderia X defende a liderança da MX1 do Brasileiro de Motocross com Jetro Salazar. No sábado, Salazar fez o quarto melhor tempo nos treinos cronometrados com 1:12.770, ficando a 0.153s do melhor tempo.

Resultado:
MX3
1) Milton "Chumbinho" Becker
2) Willian Guimarães
3) Davis Guimarães | Escuderia X
4) Richard Berois
5) Pablo Florin

Classificação:
MX3
1) Davis Guimarães | Escuderia X 163 pontos
2) Milton "Chumbinho" Becker 160 pontos
3) Richard Berois 124 pontos
4) Mariana Balbi 120 pontos
5) Erivelto Nicoladelli 85 pontos